sábado, 30 de outubro de 2010

Questões para o Terceirão...

Enviar o gabarito para o e-mail do professor até 02/11.

PRIMEIRO GRUPO DE QUESTÕES

UEMS)- Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul -
Questão 1: A Guerra Fria corresponde a:

A - Um momento da história mundial (entre 1947 a 1989) em que o mundo se dividiu em dois blocos: o Ocidental, liderado pelos Estados Unidos (capitalista), e o Oriental, liderado pela União Soviética (socialista). Os dois blocos, dentro de um sistema bipolar, disputavam a liderança econômica, política, militar e ideológica das várias regiões do planeta, colocando as em confronto ideológico e/ou armado permanentemente.
B - Um mecanismo de “Guerra” voltado para um esforço conjunto de ações para promover o diálogo entre os dois blocos socialista e capitalista, que se estabeleceram após a II Guerra Mundial no mundo contemporâneo, no sentido de que as disputas fossem o mais consensual possível, sem armas. Tudo contra a intolerância.
C - Uma forma pacífica de combate à intolerância e o desrespeito às diferenças pelos dois blocos (o capitalista e o socialista) que se constituíram após a II Guerra Mundial, apesar de ter ocorrido uma corrida armamentista no período entre 1947 e 1989
D - Uma Guerra marcada pelo ideal de uma força tarefa de promoção da fraternidade entre os povos, independentemente do sistema político adotado, fosse ele de cunho capitalista ou comunista.
E - Um projeto visando promover um conjunto de ações voltadas para a paz mundial, onde as tensões políticas, econômicas, sociais e ideológicas poderiam ser resolvidas sem grandes enfrentamentos – por isso, uma Guerra Fria, voltada para a unidade no mundo.

UFAM) - Universidade Federal do Amazonas -
Questão 2:Fruto direto da Guerra Fria buscou atribuir maior coesão ao bloco socialista europeu, estruturando-se como entidade com fins militares:
A - O Pacto de Varsóvia.
B - As Sociedade das Nações.
C - Segunda Internacional.
D - Kuomintang.
E - União das Repúblicas Soviéticas.

UERGS) - Universidade Estadual do Rio Grande do Sul -
Questão 3:O filme “Boa Noite e Boa Sorte” de 2005 é ambientado na década de 1950, momento em que os EUA viviam os dramas do macarthismo. O tema central do filme é a história do repórter Edward Murrow e seus colegas da rede CBS que decidem travar uma verdadeira batalha contra o senador Joseph McCarthy e expor publicamente sua conduta duvidosa.
Historicamente, o macarthismo é definido como:
A - a disputa entre democratas e republicanos pelo controle do senado norte-americano após a Segunda Guerra Mundial.
B - uma política de aproximação entre EUA e URSS liderada pelos senadores democratas.
C - a criação no senado norte-americano de um comitê para investigar atividades antiamericanas e passou a perseguir setores intelectuais da sociedade acusados de defenderem ideias comunistas.
D - ações do senado norte-americano para impedir que revoluções comunistas tivessem êxito na América Latina.
E - campanha à presidência da república do senador Joseph McCarthy que tinha como principal plataforma a defesa das ideias comunistas nos EUA

UFTM/MG) Universidade Federal do Triângulo Mineiro -
Questão 4: Harry Truman, presidente dos Estados Unidos, afirmou em 1947:
“Um dos modos de vida se baseia na vontade da maioria e distingue-se pelas instituições livres, pelo governo representativo (...)”.
O segundo modo de vida baseia-se na vontade de uma minoria, imposta pela força à maioria (...).
Acredito que a política dos Estados Unidos deve ser a de apoiar os povos livres que estão resistindo à subjugação tentada por minorias armadas ou por pressões vindas de fora.”(Harold Syrett, Documentos históricos dos Estados Unidos)
O “segundo modo de vida” a que o presidente norte-americano se refere é o:

A - comunista.
B - neoliberal.
C - fundamentalista.
D - capitalista.
E - anarquista.

PUC-MG) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais -
Questão 5:O processo de exumação da área de influência do comunismo no mundo europeu teve como começo a reunificação das duas Alemanhas. Entre os diversos fatores que podemos apontar para avançar esse processo, é correto indicar:

A - a intensificação da Guerra Fria na Ásia.
B - Glasnost e Perestroika na União Soviética.
C - o fim do Apartheid e a influência da Igreja Católica.
D - o aumento das ações terroristas no mundo.

UFRRJ/RJ) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro -
Questão 6:“O período que se estende entre o final da II Guerra Mundial e os nossos dias presenciou um dos fenômenos político-sociais mais importantes da História Contemporânea: a liquidação dos impérios coloniais inglês, francês, holandês, belga e português, constituídos ao longo do séc. XIX. Emergiram, assim, após uma fase mais ou menos prolongada de dominação europeia, os novos países da Ásia e da África que passaram a integrar a comunidade internacional das nações independentes.”
LINHARES, M YEDDA – A luta contra a metrópole. São Paulo: Brasiliense, 1996. p.7.
Sobre fatores que contribuíram para a descolonização da Ásia e África, é correto afirmar que:

A - inexistia um sentimento nacionalista na Ásia e na África, facilitando o neocolonialismo imposto pelos países do bloco capitalista.
B - se formou uma elite colonial que soube explorar o enfraquecimento da potências europeias envolvidas em rivalidade e guerras.
C - havia uma elite política que se uniu à Frente para Libertação, com liderança da África do Sul, com o objetivo de expulsar os estrangeiros.
D - surgiram grupos políticos que promoveram uma reforma agrária, o que desequilibrou as elites agrárias que estavam no poder.
E - os países capitalistas emprestaram grandes somas de dinheiro aos novos países, que acabaram preparando-se para as lutas coloniais.

UERJ) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro -
Questão 7:
Preto e branco a cores
Destino a minha vida
Minha luta pela liberdade (...)
Eu tenho raça e a cada farsa, a cada horror
O meu empenho, meu braço, meu valor (...)
O nosso herói Mandela é
Senhor da fé, clamou o povo
E o tigre encontra no leão
A maior inspiração de um mundo novo (...)
Liberdade pelo amor de Deus
Liberdade a este céu azul
É minha terra, orgulho meu.
Porto da Pedra canta a África do Sul
DAVID SOUZA et al. Escola de Samba do Porto da Pedra, RJ


A letra do samba-enredo homenageia Nelson Mandela, líder da luta vitoriosa contra o regime de apartheid na África do Sul. Porém, tal como no caso da escravidão brasileira, as consequências do longo período de segregação não se deixaram apagar com facilidade.
O elemento que identifica corretamente uma herança importante desses do passado, ainda presente nas formações sociais de ambos os países, é:
A - desigualdade de renda
B - legislação discriminatória
C - exclusão cultural das minorias
D - ausência de representação política

Unibahia/BA) - Faculdades Integradas Ipitanga -
Questão 8:Sobre o que caracteriza o Mundo Contemporâneo, pode-se afirmar:
A - A necessidade do controle de mercado fornecedor de mão-de-obra escrava, de matéria-prima e de ouro determinou a rivalidade franco-germânica, o que contribuiu para a eclosão da Primeira Guerra Mundial.
B - A crise de 29, proveniente da escassez de produção, contribuiu para o apoio da burguesia alemã ao projeto de estatização dos meios de produção, defendido pelo nazismo, como mecanismo de superação da crise econômica.
C - A expansão do socialismo no Leste Europeu e as ações imperialistas da União Soviética e dos Estados Unidos, concretizadas na invasão do Afeganistão e na invasão da Baia dos Porcos, respectivamente, foram conseqüências da Doutrina Truman, que oficializou a Guerra Fria.
D - A reunificação da Alemanha e a queda de Gorbachev foram imposições feitas pelos Estados Unidos ao mundo socialista, para fornecer-lhe a ajuda econômica, fundamental ao fim da crise social nessa região.
E - O conflito entre judeus e árabes baseia-se na política da Autoridade Palestina em promover a destruição do Estado de Israel como condição básica para a formação da nação palestina.

EMESCAM/ES) - Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória -
Questão 9:Identifique a proposição correta:

A - A criação da ONU foi uma das conseqüências da Primeira Guerra Mundial.
B - Lênin foi o consolidador mantenedor da Revolução Bolchevista na Rússia durante a década de 30.
C - A Primeira Guerra Mundial atrasou o desenvolvimento industrial dos Estados Unidos da América.
D - O Plano Marchal dos ingleses e alemães permitiu a reconstrução da Europa após a 2ª Guerra Mundial.
E - Os Estados Unidos da América organizaram o Plano Marshall para a Europa objetivando recuperar economicamente os países devastados pela Guerra.

UNEMAT/MT) - Universidade do Estado de Mato Grosso -
Questão 10:Em outubro de 1989 o Muro de Berlim caiu e praticamente a Alemanha passava a ser um único país. Nessa data encerra-se uma importante fase da história contemporânea, quando os blocos Soviético e Capitalista disputavam a primazia mundial. Este período recebeu o nome de:
A - Guerra Fria.
B - Entre Guerras.
C - Terceira Guerra Mundial.
D - Guerra nas Estrelas.
E - Corrida Armamentista.

UNEMAT/MT) - Universidade do Estado de Mato Grosso -
Questão 11: Após o término da Segunda Guerra Mundial, dois blocos de poder surgiram: de um lado os Estados Unidos e de outro a URSS. O resultado foi o início da chamada Guerra Fria.
Com relação aos conflitos e incidentes relacionados ao tema, assinale a alternativa incorreta.
A - A Guerra da Coréia iniciada em 1950.
B - A Guerra do Vietnã.
C - A crise dos mísseis envolvendo Cuba, URSS e os EUA.
D - A derrubada de Saddam Hussein.
E - O golpe de estado no Chile com a derrubada e morte de Salvador Allende.

UFTM/MG) Universidade Federal do Triângulo Mineiro -
Questão 12:As relações entre os Estados Unidos e Cuba ficaram abaladas a partir da Revolução Cubana (1959). Um dos momentos de maior tensão ocorreu quando:
A - Os revolucionários cubanos implementaram medidas de caráter socialista e retomaram as bases norte-americanas, como a de Guantánamo.
B - Empresários norte-americanos financiaram movimentos pró-castristas, enquanto o ditador cubano apoiava as guerrilhas na América Latina.
C - O governo cubano permitiu a instalação de mísseis nucleares soviéticos na ilha, o que quase gerou uma guerra entre as superpotências.
D - Agentes da CIA planejaram um movimento contra-revolucionário, que levou à invasão da baía dos Porcos e à queda de Fulgêncio Batista.
E - O governo norte-americano decretou o embargo econômico para forçar Cuba a aderir à política soviética da perestroika.

FRB/BA) - Faculdade Ruy Barbosa -
Questão 13:“Nós sabíamos que, depois disso, o Mundo jamais seria o mesmo.”
OPPENHElMER, 2005, p. 38.
Sessenta anos se passaram desde que os Estados Unidos lançaram a bomba atômica em Hiroshima, no Japão.
Sobre a descoberta e o uso da energia nuclear e as suas implicações, é correto afirmar:
A - A energia nuclear utilizada pela primeira vez no ataque à Hiroshima contribuiu para o surgimento de um novo conflito mundial, a Guerra Fria.
B - O Brasil, que possui uma imensa jazida de urânio, se recusou a assinar o Acordo de Não-Proliferação Nuclear.
C - Angra I e Angra Il, devido ao fato de serem usinas com tecnologia genuinamente nacional, apresentam deficiência no seu funcionamento.
D - A matriz energética mundial está dominada predominantemente pelo petróleo, vindo logo em seguida a energia nuclear.
E - Os maiores produtores de energia nuclear se localizam no Hemisfério Meridional.

(UEA/AM) Universidade do Estado do Amazonas -
Questão 14:“O efeito mais importante da guerra fria foi reorganizar as linhas de hegemonia dentro do mundo imperialista, acelerando o declínio das grandes potências e levantando a iniciativa americana de constituição de uma ordem imperial.”
(Hardt e Negri)
Assinale a alternativa que não constitui um fenômeno típico da Guerra Fria.
A - A queda e o exílio do presidente Aristide do Haiti, que suscitou intervenção da ONU, recentemente.
B - A proibição do Partido Comunista em 1946, logo após a queda de Getúlio Vargas, no Brasil.
C - A crise dos mísseis em Cuba, em 1963.
D - A guerra no Sudeste Asiático e a ajuda aos “contras” da Nicarágua.
E - A derrubada de Allende, no Chile, em 1973.

PUC-RS) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul -
Questão 15:Responder a questão associando os períodos das diferentes conjunturas internacionais da chamada Guerra Fria (Coluna A) com os respectivos acontecimentos históricos (Coluna B):

Coluna A
1 – Período clássico (anos 40 e 50)
2 – Período da distensão parcial (anos 60 e 70)
3 – Período da nova Guerra Fria (anos 80)

Coluna B
( ) Proposição do projeto militar “Guerra nas Estrelas”
( ) Execução do Plano Marshall
( ) Criação do Pacto de Varsóvia
( ) Intensificação da Guerra do Vietnã
( ) Formulação da Doutrina Truman


A numeração correta na Coluna B, de cima para baixo, é:
A - 3 – 1 – 1 – 2 – 1
B - 2 – 1 – 2 – 3 – 1
C - 3 – 2 – 1 – 2 – 2
D - 2 – 1 – 1 – 3 – 1
E - 3 – 2 – 1 – 3 – 2

(UEG) - Universidade Estadual de Goiás -
Questão 16:Quando entramos em contato com a Segunda Guerra Mundial, a primeira lembrança que vem à mente é a de perplexidade e horror, tanto em função da experiência nazifascista como em razão das bombas nucleares lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki.
Acerca do quadro apresentado pelo mundo após o fim da Segunda Guerra Mundial (1946-50), é correto afirmar que:
A - a URSS, isolada em relação à política mundial, procurou consolidar as posições conquistadas durante o conflito, estimulando e patrocinando a expansão do sistema socialista em escala mundial;
B - os países do Terceiro Mundo, fortalecidos pela redefinição do quadro econômico mundial, garantiram a sua participação como membros efetivos do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU);
C - os Estados Unidos da América asseguraram a sua hegemonia econômica e política sobre a Europa, compensando a perda de sua influência na América Latina, seduzida pela ideologia comunista da União Soviética;
D - a Europa devastada em termos de vidas e de bens materiais experimentava uma profunda crise ideológica e moral. O apoio norte-americano, por meio do Plano Marshall, foi essencial no processo de reconstrução européia.

UERJ) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro -
Questão 17:As três décadas que se seguiram ao fim da Segunda Guerra Mundial foram de grande importância para os povos asiáticos e africanos, que em sua maioria se emanciparam.
Uma transformação político-econômica decorrente do processo de descolonização nesses continentes é:
A - criação de sociedades igualitárias;
B - surgimento de potências regionais;
C - redução das áreas de influência das superpotências;
D - restabelecimento das fronteiras anteriores à colonização.


(UNESP/SP) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho -
Questão 19:Sobre a queda do Muro de Berlim, no dia 10 de novembro de 1989, é correto afrimar que:
A - o fato acirrou as tensões entre Oriente e Ocidente, manifestas na permanência da divisão da Alemanha;
B - resultou de uma longa disputa diplomática, que culminou com a entrada da Alemanha no Pacto de Varsóvia;
C - expressou os esforços da ONU que, por meio de acordos bilaterias, colaborou para reunificar a cidade, dividida pelos aliados;
D - constituiu-se num dos marcos do final da Guerrra Fria, política que dominou as relações internacionais após a Segunda Guerra Mundial;
E - marcou a vitória dos princípios liberais e demcráticos contra o absolustismo prussiano e conservador.

ACAFE/SC) - Associação Catarinense das Fundações Educacionais -
Questão 20:Aliados na Segunda Guerra Mundial (1939-1945), Estados Unidos e União Soviética acentuaram seus antagonismos no pós-guerra. As diferenças políticas entre as duas potências se acentuaram principalmente no governo de Harry Truman, dando início à chamada Guerra Fria.
Acerca desse contexto, todas as alternativas estão corretas, exceto:
A - A Alemanha, derrotada na Segunda Guerra, teve seu território dividido. Formaram-se a República Federal da Alemanha, sob influência dos países capitalistas e a República Democrática Alemã, controlada pela União Soviética.
B - Durante a Revolução Cubana, os EUA forneciam armamento para os guerrilheiros liderados por Fidel Castro, com o objetivo de deter o governo socialista de Fulgêncio Batista.
C - O Presidente da República, Eurico Gaspar Dutra, aliouse ideologicamente com os Estados Unidos e rompeu relações diplomáticas com a União Soviética.
D - Durante a Guerra Fria, o mundo viveu sob permanente ameaça de um conflito com armas nucleares. Estados Unidos e União Soviética aumentaram seus arsenais atômicos, numa verdadeira "corrida nuclear".
E - Na Guerra do Vietnã, os EUA tentavam impedir a unificação do Vietnã, sob um governo socialista. A grande vítima desse conflito foi a população civil.

UFMG) - Universidade Federal de Minas Gerais -
Questão 21:Entre 1961 e 1973, um total de 57.939 norte-americanos morreram no conflito da Indochina, a mais longa e custosa guerra externa na história dos Estados Unidos. A Força Aérea dos EUA jogou sobre o Vietnã uma tonelagem de bombas mais de três vezes superior ao que foi jogado na Alemanha durante a Segunda Guerra.
KEYLOR, William R. The twentieth-century world; an international history. New York: Oxford University Press, 1996. p. 375.Considerando-se a Guerra do Vietnã, é correto afirmar que:
A - o conflito foi motivado pela intenção do governo norte-americano de impedir a expansão do comunismo no Sudeste asiático;
B - os norte-americanos deram apoio decidido às ações de seu governo no Vietnã e manifestaram insatisfação quando suas tropas foram retiradas de lá;
C - os vietnamitas que enfrentavam o exército dos EUA lutavam em condições difíceis, pois não dispunham de apoio externo;
D - a saída das tropas norte-americanas e a subseqüente derrota das forças locais pró-Ocidente levou à divisão do Vietnã.
(PUC-RIO) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro -
Questão 23:Com exceção de uma, as opções apresentam de modo correto conflitos em que os Estados Unidos da América, de um lado, e a União Soviética e/ou a China, de outro, assumiram posições antagônicas, no contexto caracterizado pela Guerra Fria:
A - Crise de Berlim (1948-1949).
B - Guerra da Coréia (1950-1953).
C - Crise de Suez (1956).
D - Crise dos Mísseis (1962).
E - Guerra do Vietnã (1962-1974).

UFPR) - Universidade Federal do Paraná -
Questão 24: Uma sombra desceu sobre o cenário até há pouco iluminado pelas vitórias aliadas. Ninguém sabe o que a Rússia soviética e sua organização internacional comunista pretendem fazer no futuro imediato e quais os limites, se é que os há, para as suas tendências expansionistas e proselitistas.”
Trecho de um discurso proferido por Winston Churchill, primeiro-ministro da Inglaterra, em visita aos Estados Unidos, em 1946.
“O fato básico e crucial, que nunca é demais repetir, é que o sistema da Guerra Fria mostra-se altamente funcional para as superpotências. E por isso esse sistema persiste, apesar da probabilidade de mútua aniquilação, no caso de uma falha acidental.”
Noam Chomsky, cientista político norte-americano, em 1992.
Essas duas afirmativas apresentam posições sobre a Guerra Fria, a qual se define como a divisão do mundo, após a Segunda Guerra Mundial, em dois blocos: o bloco capitalista, liderado pelos Estados Unidos, e o bloco comunista liderado pela União Soviética. Sobre o assunto, é correto afirmar:
A - Embora no Ocidente tenha se difundido o conceito de Guerra Fria em nome da defesa da democracia, o fato é que ambos os blocos dele se valeram para justificar o armamentismo.
B - O discurso de Churchill, proferido após a derrota da Alemanha nazista, é uma resposta à invasão russa em países europeus fragilizados pelos efeitos da Segunda Guerra Mundial.
C - As palavras de Chomsky reafirmam, décadas mais tarde, o receio de Churchill em face da ameaça soviética e revelam que, nos países de língua inglesa, havia consenso sobre a necessidade de uma atitude defensiva diante do bloco comunista.
D - Embora um dos principais desdobramentos da Guerra Fria tenha sido a corrida armamentista, não se experimentou conflito militar algum nesse período.
E - O Brasil, de 1946 a 1964, adotou uma posição de neutralidade em relação às duas superpotências, alinhando-se aos Estados Unidos somente com o advento das ditaduras civil-militares.

UFJF/MG) - Universidade Federal de Juiz de Fora -
Questão 25:– “O fato de ter sido uma guerra travada por uma ‘sociedade aberta’ – e que se tornou ainda mais aberta devido a revelações, como os Papéis do Pentágono (...), de ter sido a primeira guerra que os Estados Unidos perderam inequivocamente (...); de ter sido seguida pela crise de Watergate (...) – tudo isso significa que [essa guerra], embora muito menor em termos de baixas, teve sobre o povo americano um impacto mais ou menos semelhante ao da Primeira Guerra sobre os europeus.”
(KENNEDY, Paul. Ascensão e queda das grandes potências. Rio de Janeiro: Campus, 1989, pp. 385-386.)
A que conflito o trecho acima se refere?
A - Guerra da Coréia.
B - Primeira guerra do Golfo.
C - Guerra Hispano-Americana.
D - Guerra Fria.
E - Guerra do Vietnã.


(UECE) - Universidade Estadual do Ceará -
Questão 26: Sobre a desagregação do bloco socialista, iniciada a partir dos anos oitenta, é correto afirmar:
A - As mudanças fundamentais iniciaram-se na Rússia, quando Mikhail Gorbatchev assumiu a direção do governo soviético.
B - As lutas na maioria dos países da Europa Oriental foram dirigidas pelo Sindicato Solidariedade.
C - O regime socialista subsistiu na China, em virtude do fechamento da economia às empresas capitalistas ocidentais.
D - A Albânia e Cuba foram os únicos países que conseguiram se manter fiéis ao regime socialista.


(UECE) - Universidade Estadual do Ceará -
Questão 27: A Guerra Fria pode ser definida como:
A - o conflito armado ocorrido entre Estados Unidos e União Soviética;
B - o fim da corrida armamentista e o início da competição pacífica entre o Ocidente e o Oriente;
C - a oposição entre Estados Unidos e União Soviética, sem o emprego direto da luta armada;
D - a crise interna surgida na Alemanha, após o pacto assinado entre a República Federal da Alemanha e a República Democrática Alemã.

(PUC-RIO) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro -
Questão 28:
Em junho de 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) foi fundada por cinqüenta países com o propósito, entre outros, de zelar pela segurança internacional e evitar novos conflitos. Com relação à estrutura e funções da ONU, é correto afirmar que:
I. O Conselho de Segurança, órgão mais importante da ONU, funciona como um poder executivo, pelo qual passam todas as decisões, sendo constituído por cinco membros permanentes com direito a veto e dez membros eleitos com mandato de dois anos e sem direito a veto.
II. A ONU pode mobilizar tropas, constituir exércitos e realizar intervenções militares para preservar os inte-resses de seus membros. O exemplo mais recente foi o ataque contra o Iraque para depor o governo de Saddam Hussein.
III. A ONU mantém uma Assembléia Geral com repre-sentantes de todos os países membros. Este é um fórum de discussão para os principais problemas polí-ticos, econômicos e humanitários que afetam a segu-rança mundial.
IV. A ONU mantém uma série de órgãos especializados, subordinados ao Conselho de Segurança, dentre os quais se destaca o Fundo Monetário Internacional (FMI).


Assinale:
A - Se somente I e II estão corretas.
B - Se somente I e III estão corretas.
C - Se somente I, III e IV estão corretas.
D - Se somente II e III estão corretas.
E - Se todas as afirmativas estão corretas.

(PUC-RIO) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro -
Questão 30:
Entre meados da década de 1950 e meados dos anos 1970, os Estados Unidos e a União Soviética realizaram uma política de aproximação chamada "Détente". Sobre esse momento das relações entre as duas superpotências, é correto afirmar:
A - Americanos e soviéticos assinaram tratados para controle dos arsenais nucleares e ampliaram os contatos diplomáticos como caminho para resolver as situações de conflito entre os dois países.
B - A aproximação entre os Estados Unidos e a União Soviética diminuiu o investimento em armas e tecnologia, do que resultaram diversas crises na indústria militar de ambos os países.
C - A política de "Coexistência Pacífica" fracassou, aprofundando a instabilidade nas relações políticas internacionais.
D - A "Coexistência Pacífica" pôs fim à Guerra Fria e significou um novo período nas relações entre os dois países, caracterizado pela competição econômica e não pelo conflito militar.
E - O relaxamento das tensões políticas entre americanos e soviéticos possibilitou a ascensão de outras potências – tais como, China, Japão e Alemanha – o que provocou, a partir dos anos 70 a desagregação da ordem internacional bipolar.

(UNIFOR/CE) - Universidade de Fortaleza -
Questão 31:A migração é um dos fenômenos mais antigos e constantes do planeta. Os migrantes são contados em milhões. Deixar a terra natal, a família, os amigos, deixar uma parte da vida e aventurar-se em uma nova terra, nem sempre receptiva e acolhedora...
Sobre os movimentos migratórios internacionais pode-se afirmar:
I. Entre países subdesenvolvidos praticamente não existe movimentos migratórios.
II. A desigualdade socioeconômica entre os países do Norte e do Sul tornou-se um dos principais fatores responsáveis pelas migrações internacionais.
III. Dentre os países receptores de imigrantes, o Japão é o único a criar entraves legais para a entrada de estrangeiros.
IV. Com a derrocada do socialismo na Europa Oriental, grande porcentagem de população desses antigos países socialistas tem imigrado para a Europa Ocidental.


Das afirmações estão corretas somente:
A - I e II
B - I e III
C - I e IV
D - II e III
E - II e IV

(UFC) - Universidade Federal do Ceará -
Questão 32:Leia as afirmativas abaixo, a respeito da década de setenta do século XX.
I. Os EUA saíram vitoriosos na guerra do Vietnã.
II. O escândalos de Watergate provocou a renúncia do presidente dos EUA, Richard Nixon.
III. A derrubada do governo de Salvador Allende, no Chile, contou com o apoio do governo norte-americano.
Da leitura das afirmativas acima, é correto afirmar que:
A - somente II é verdadeira;
B - somente III é verdadeira;
C - I e III são verdadeiras;
D - II e III são verdadeiras;
E - I e II são verdadeiras.

(UFJF/MG) - Universidade Federal de Juiz de Fora -
Questão 33:
A expansão dos gastos estatais com assistência à saúde, educação e proteção social, durante as décadas que se seguem à Segunda Guerra Mundial, na Europa Ocidental e nos Estados Unidos, configurou o aparecimento do que é freqüentemente chamado de Estado de Bem-Estar Social. Sobre a trajetória deste, assinale a alternativa incorreta:
A - O apogeu do Estado de Bem-Estar Social ocorreu no governo de Margaret Thatcher na Inglaterra, com a expansão significativa dos gastos com habitação popular e previdência.
B - Nos Estados Unidos, a participação estatal nas políticas de bem estar social foi inferior à da maioria da nações européias.
C - Importante para o fortalecimento dos Estados de Bem-Estar Social foi o sucesso eleitoral de partidos de esquerda reformistas.
D - As críticas ao Estado de Bem-Estar Social acentuam-se com a crise da economia capitalista nos anos setenta, que favoreceu a emergência do discurso neoliberal, contrário ao intervencionismo estatal.
E - Embora assegurando uma ampliação dos direitos sociais, garantidos principalmente aos trabalhadores assalariados, o Estado de Bem-Estar Social não visava à eliminação da propriedade privada capitalista.

EMESCAM/ES) - Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória -
Questão 34:
Com a ocupação de Saigon pelos vietcongs, foi encerrada a luta de libertação empreendida pelos vietnamitas, durante cerca de 30 anos. A unificação do Vietnã implicou na:
A - adoção de política de não-alinhamento;
B - adoção do neutralismo;
C - afirmação da influência norte-americana no Sudeste Asiático;
D - integração do Vietnã ao mundo socialista;
E - integração do Vietnã ao mundo capitalista.

FAVIC/BA) - Faculdade Visconde de Cairú -
Questão 35:
"O mundo em que vivemos hoje é radicalmente diferente do que era no início ou mesmo no meio deste século [século XX]. E continua a mudar. Hoje, a preservação de qualquer tipo de sociedade ‘fechada’ é impossível".
(In: Aquino et al, p. 342)
Essa foi uma constatação de Mikhail Gorbachev em discurso pronunciado na Organização das Nações Unidas, em 1988.
A percepção de tal fato pelo governante russo determinou:
A - uma série de reformas em que foram estabelecidas novas diretrizes, que fortaleceram o modelo estalinista do socialismo real;
B - a ampliação dos gastos militares, visando reorganizar o exército para interferir nos problemas políticos da província da Chechênia, em luta contra o Afeganistão;
C - a criação da Comunidade dos Estados Independentes, CEI, visando garantir a manutenção das repúblicas soviéticas sob um único poder central, o que fortalecia o socialismo real;
D - a implementação de uma política de reestruturação e de transparência, cujo objetivo era promover a modernização na economia e uma abordagem mais direta dos problemas sociais;
E - a diminuição de gastos financeiros com armamentos na esfera de ação do Pacto de Varsóvia, destinando-se parte dos recursos para reerguer países socialistas que travavam guerras civis.

Unibahia/BA) - Faculdades Integradas Ipitanga -
Questão 36:
A personagem se refere à "Cortina de Ferro", que foi:
A - a linha divisória entre os territórios conquistados pela Espanha e por Portugal, no período da expansão ultramarina.
B - a linha de fronteira estabelecida pelo governo israelense, a fim de separar os territórios judeus das áreas habitadas por palestinos.
C - a muralha de pedra erigida pela Igreja Católica, após a conquista cristã da Terra Santa, no período das Cruzadas, para isolar os mouros dos cristãos.
D - o conjunto de leis de imigração criado pela União Européia com a finalidade de restringir a entrada de imigrantes oriundos da Ásia e da África, nos países da Europa Ocidental.
E - O nome dado por Winston Churchill, primeiro-ministro britânico, à divisão política européia entre os países de formação capitalista e aqueles sob a influência soviética, após a Segunda Guerra Mundial.

(FUVEST/SP) - Fundação Universitária para o Vestibular -
Questão 38:
Ao contrário da década de noventa (marcada pelo refluxo das ideologias, pela hegemonia do neoliberalismo e do poder norte-americano), as décadas de trinta e de sessenta foram marcadas por polarizações e pela ativa simpatia internacional de progressistas e esquerdistas, em favor dos:
A - judeus, na Segunda Guerra Mundial, e comunistas, na Guerra da Coréia;
B - armênios, na Primeira Guerra Mundial, e maoístas, na Revolução Chinesa;
C - republicanos, na Guerra Civil Espanhola, e vietcongues, na Guerra do Vietnã;
D - socialistas, na República de Weimar, e guerrilheiros, na Revolução Cubana;
E - bolcheviques, na Revolução Russa, e partisans, na Segunda Guerra Mundial.

FUVEST/SP) - Fundação Universitária para o Vestibular -
Questão 39:
No século XX, o auge do chamado Estado de bem-estar social (Welfare State) na Europa tem estreita relação com:
A - a democracia e a globalização da economia, a partir de 1989;
B - o liberalismo e a crise da economia capitalista, entre 1918 e 1945;
C - o socialismo e a planificação econômica, entre 1917 e 1989;
D - a social-democracia e a expansão da economia capitalista, entre 1945 e 1973;
E - o eurocomunismo e a crise da economia capitalista, a partir de 1973.

(UFRGS) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul -
Questão 40:
No ano de 1962, os EUA e a URSS estiveram à beira de um confronto militar que ameaçou o planeta com uma guerra nuclear. Sobre esta crise, é incorreto afirmar que ela:
A - ocorreu quando governavam os EUA e a URSS, respectivamente, John Kennedy e Nikita Krutschev;
B - foi deflagrada com a descoberta da instalação de mísseis soviéticos em Cuba;
C - terminou com a retirada dos mísseis e com o compromisso de não-invasão militar a Cuba pelos EUA;
D - resultou de uma provocação dos partidários de Fulgêncio Batista exilados em Miami;
E - foi conseqüência da deterioração nas relações entre os EUA e Cuba após a vitória da Revolução Cubana de 1959.

(UFRGS) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul -
Questão 41:
Na década de 80, a URSS enfrentou uma guerra, ao invadir o Afeganistão para apoiar o governo daquele país. Em relação a essa guerra, é correto afirmar que:
I. Os oponentes dos soviéticos eram identificados como os "combatentes da liberdade" pelo presidente Reagan, sendo apoiados pelos EUA;
II. Os soviéticos se retiraram durante o governo de Gorbatchev, sem ter derrotado os guerrilheiros afegãos;
III. A resistência afegã contou com a participação de Osama bin Laden, que teria sido recrutado pela CIA entre os fundamentalistas islâmicos da Arábia Saudita.
Quais estão corretas?
A - Apenas I
B - Apenas I e II
C - Apenas I e III
D - Apenas II e III
E - I, II e III

PUC-MG) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais -
Questão 43:No final da década de 80 do século XX, toda a estrutura que havia sido edificada após a Segunda Grande Guerra e que norteava as ações no cenário internacional ruiu. O fim do fenômeno da Guerra Fria encontra-se associado, exceto:
A - à assinatura dos acordos de desarmamento entre os Estados Unidos e a URSS;
B - à queda do Muro de Berlim, evento emblemático que selou a reunificação alemã;
C - à decomposição territorial da União Soviética, baluarte do socialismo mundial;
D - às crises do petróleo, que desequilibraram as finanças dos países socialistas.

ASBEC/BA) - Faculdade Jorge Amado -
Questão 45:
A Rosa de Hiroshima
"Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas oh não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroshima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A anti-rosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada."
Moraes. In: Maranhão & Antunes, p. 140)

A análise dos versos e os conhecimentos sobre a utilização da energia nuclear para fins pacíficos ou violentos, no decorrer da história recente da humanidade, permitem afirmar:
A - O lançamento da bomba atômica representou um ato imediato de retaliação dos Estados Unidos ao ataque japonês a Pearl Harbor, associado à estratégia de forçar a rendição da Alemanha, aliada do Japão.
B - A nova ordem mundial que se estabeleceu após a Segunda Guerra caracterizou-se pela bipolarização entre o bloco socialista, liderado pela URSS, e o bloco capitalista, liderado pelos Estados Unidos, ambos detentores de armamentos nucleares.
C - As perdas de vidas humanas, resultantes do lançamento da bomba em Hiroshima e dos acidentes em usinas nucleares, como a de Chernobyl, levaram ao aceleramento das pesquisas sobre os efeitos da radiação no ser humano, que culminaram com a descoberta de vacinas preventivas à contaminação e à cura dos males deles decorrentes.
D - A energia nuclear deverá, nesse início de século, substituir o petróleo, porque, além de possuir elevado teor de combustão, tem as mesmas aplicações do petróleo e a sua matéria-prima, o urânio, existe em abundância no subsolo terrestre.
E - O Brasil possui, atualmente, duas usinas nucleares, que estão localizadas na Região Sul, e são responsáveis pelo fornecimento total de energia para as regiões Sul e Sudeste.

FTE/BA) - Faculdade de Tecnologia Empresarial -
Questão 46:
"De raiva e tristeza,
Infeliz como um cão
Entrarei na floresta escura.
Na floresta escura, por minha vontade,
Com meu fuzil entrarei.
E lá três coisas farei.
Primeiro, meu comandante perderei.
Depois, meu fuzil levarei ao ombro,
E, como terceiro feito,
Acertá-lo-ei no coração
Infame bandido."
(In: Valladares & Berbel, p. 29)

A partir dos versos de um anônimo soldado russo, durante a Primeira Guerra Mundial, e dos conhecimentos sobre os vários conflitos ocorridos no mundo contemporâneo, pode-se afirmar:
A - A cidade de Stalingrado, quando foi destruída, durante a Primeira Guerra Mundial, registrou um grande número de vítimas civis e deu início à implosão da União Soviética.
B - O último conflito que envolveu a Argentina e a Inglaterra foi motivado pelo desejo dos ingleses de incorporar a Terra do Fogo aos seus domínios, devido à sua posição militar estratégica.
C - A ocupação russa no Afeganistão, em 1979, foi aceita pelos líderes fundamentalistas muçulmanos, desejosos de impedir a implantação do regime capitalista naquele país.
D - A Guerra da Coréia, ocorrida na década de 50 do século XX, resultou na divisão daquele território em dois países, um de organização socialista e outro, capitalista.
E - A participação da Rússia na Primeira Grande Guerra efetivou-se a partir da tomada de poder pelos socialistas, que atuaram ao lado dos alemães até o final do conflito.

FAVIC/BA) - Faculdade Visconde de Cairú -
Questão 47:Após o ano de 1945, houve uma redefinição de ordem política e econômica no quadro das relações internacionais.
Identifique as afirmativas verdadeiras sobre esse assunto.
I. As antigas colônias dos países capitalistas centrais conquistaram a libertação por meio de guerras e adotaram o regime socialista em oposição ao capitalismo.
II. A liberdade política, aliada ao nacionalismo, conseguiu modificar a situação social das antigas colônias vez que as revoluções anticolonialistas foram acompanhadas de ações sociais.
III. Alguns países optaram pela independência gradual concedida pela Metrópole, em que o poder político seria exercido pela elite local, articulando-se com o mundo capitalista e mantendo a dependência econômica no chamado regime neocolonialista.
IV. As nações que se libertaram de modo definitivo conseguiram modificar a estrutura fundiária imperialista, deixando de atender às necessidades dos países colonizadores e, conseqüentemente, libertando-se da dependência econômica.
V. A crise européia do pós-guerra fortaleceu o nacionalismo dos povos colonizadores e, por outro lado, favoreceu o surgimento dos movimentos de libertação nacional dos países afro-asiáticos, acelerando a crise do colonialismo europeu.


A alternativa que indica todas as afirmativas verdadeiras é a:
A - I, II e III
B - I, II e V
C - I, III e IV
D - II e IV
E - III e V

PUC-SP) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo -
Questão 48:Leia com atenção:
"A partir de Chernobyl [da explosão do reator desta usina nuclear, ocorrida em abril de 1986], o Muro de Berlim deixa de existir. Simbolicamente, é, no fundo, a fusão nuclear que preside a confusão política, transpolítica, dos blocos. Através do acidente suicida de Chernobyl, a ex-União Soviética confessa sua impotência (...)".
(BAUDRILLARD, Jean. A Ilusão do Fim. Ou a Greve dos Acontecimentos. Lisboa: Terramar, s/d.)
Sobre o texto acima é possível afirmar que:
A - os efeitos da explosão da usina de Chernobyl abalaram fisicamente a estrutura do muro que dividia a Alemanha Ocidental e Oriental, impondo sua retirada por questões de segurança;
B - constatada a impotência da antiga União Soviética, restava à Alemanha a reunificação de suas partes Leste/Oeste para ocupar o espaço político aberto com essa derrocada;
C - durante a Guerra Fria, os blocos capitalistas e socialista apoiaram-se na tecnologia nuclear, ameaçando usá-la belicamente, e a explosão de Chernobyl expôs a incompetência soviética nesse setor;
D - o Muro de Berlim foi símbolo da confusão política que se abatera sobre todos os regimes adotados após a Segunda Guerra, o que apenas se intensificou com a sua queda;
E - o autor toma a explosão da usina de Chernobyl como metáfora da explosão do comunismo, mostrando que, a partir da demonstração de fraqueza da ex-URSS, esse regime pôde alastrar-se.

UFSCAR/SP) - Universidade Federal de São Carlos -
Questão 49: Finda a II Guerra Mundial, os EUA e a URSS emergiram como superpotências antagônicas. Entre as questões e conflitos internacionais relevantes que ocorreram durante o governo de Harry S. Truman (1945-1953), destacam-se:
A - Liga das Nações, política da boa vizinhança, crise dos mísseis, primavera de Praga;
B - Conferência de Yalta, guerra do Vietnã, revolução argelina, Aliança para o Progresso;
C - New Deal, intervenção na Guatemala, revolução cubana, armistício com a Coréia;
D - Cerco de Berlim pela URSS, revolução chinesa, guerra da Coréia, plano Marshall;
E - Conferência de Potsdam, revolução mexicana, armistício no Vietnã, doutrina Monroe.

(UFF/RJ) - Universidade Federal Fluminense -
Questão 51:
Com o final da 2a. Guerra Mundial, iniciou-se um novo período na história da humanidade. Vencido o perigo nazista, enfrentaram-se as duas forças hegemônicas do pós-guerra: os Estados Unidos da América, campeões do capitalismo, e a URSS, campeã do socialismo. A Guerra Fria foi o resultado óbvio dessas tensões e disputas. Entretanto, ao mesmo tempo em que socialismo e capitalismo disputavam o predomínio na produção e nos mercados, a revolução tecnológica avançava como conseqüência, até mesmo, da concorrência entre esses dois países. A corrida espacial foi um dos aspectos dessa concorrência. Ao lado da política e da economia, passou a existir o desejo do bem-estar e do conforto – mostrar onde se vivia melhor era fundamental. Esse desejo fez com que rapidamente se transferissem para o cotidiano dos homens os resultados práticos das inovações de guerra. Mais conforto, novas comodidades, alterações nos comportamentos sinalizaram um novo tempo, um novo século. Cai o império soviético. Hoje, no mundo globalizado, o conhecimento humano não tem fronteiras nem limites: DNA, genoma, clonagem, novas tecnologias para comunicação evidenciam o progresso no século XXI.
No contexto do pós-2a. Guerra Mundial, constata-se, entre outros aspectos, que:
A - a tecnologia incorporou-se à vida dos homens, tornando quase impossível imaginar-se que alguém sobreviva sem um telefone e uma televisão. Essa ânsia por novidades levou às disputas nucleares entre EUA e URSS que culminaram com o desastre de Chernobyl;
B - a disputa, mostrada na TV, entre duas empresas que buscam conquistar usuários da telefonia ilustra o quanto esse setor evoluiu. O mesmo progresso que permitiu, nos últimos 50 anos, a indiscutível evolução dos meios de comunicação, também possibilitou a eliminação da pobreza, reduziu as doenças e transformou as cidades em áreas despoluídas;
C - inovações tecnológicas levaram o homem à Lua e melhoraram as condições de vida no planeta. No entanto, a falta de controle sobre as pesquisas científicas realizadas na antiga URSS conduziu a certos exageros, como o desastroso desenvolvimento da engenharia genética;
D - a ditadura da técnica e da objetividade implantou-se no mundo pós-2ª Guerra. De um lado, para fazer com que o holocausto fosse esquecido e, de outro, para viabilizar a constituição de formas universais de controle político e econômico que não deram certo porque a URSS foi derrotada pelo capitalismo;
E - a Guerra Fria representou para o século XX mais do que a mera disputa entre dois modos diferentes de vida; indicou, também, o momento em que as inovações tecnológicas e as transformações nas ciências passaram a se integrar no cotidiano dos homens. Tal integração trouxe novidades que revolucionaram o mundo como, por exemplo, as observadas nos campos da comunicação e da informática.

PUC-SP) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo -
Questão 52:
A Queda do Muro de Berlim, em 1989, encerrou simbolicamente:
A - a primazia da ONU na resolução de conflitos internacionais, uma vez que a derrubada do muro deu-se pela ação de populares e não por uma resolução diplomática internacional;
B - o esforço multilateral de busca de uma saída pacífica para os confrontos entre alemães ocidentais e orientais, que surgiram no decorrer da Segunda Guerra Mundial e persistiram após a queda do regime nazista;
C - a perseguição a cristãos e muçulmanos no centro e no leste da Europa, uma vez que qualquer forma de religiosidade foi proibida na região, desde o final da Segunda Guerra Mundial, pelos novos governos comunistas;
D - o isolamento entre duas metades de uma cidade, Berlim, e um país, a Alemanha, que foi estabelecido ao final da Segunda Guerra Mundial, para proteger os descendentes de judeus que sobreviveram ao nazismo;
E - a bipolarização estratégica entre as superpotências Estados Unidos e União Soviética, que nasceu ao final da Segunda Guerra Mundial e que representava profundas diferenças ideológicas e políticas entre os dois estados.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Roteiro para filme

Olá pessoal, sinto pela demora. Para assistirem ao filme que escolheram podem seguir o roteiro do último posto (abaixo).

Bom filme, abraços.

Prof. Ederval